Rua Pe. Martinho Pinto da Rocha São Tomé, São Tomé e Príncipe
+239 2223455

Nunca seria o primeiro a abandonar o barco, este governo tem 4 anos de mandato, – Jorge Bom Jesus

STP Press
Primeiro Ministro, Jorge Bom Jesus

O primeiro-ministro são-tomense, Jorge Bom Jesus declarou que o seu governo “tem quatro anos de mandato”, e que “nunca seria o primeiro a abandonar o barco”, numa declaração há 72 horas no distrito de Cauê, reagindo a notícia, segundo a qual, estaria em duvidas sobre a duração do seu mandato.

A margem do orçamento participado em Cauê, quando questionado pela imprensa sobre a notícia, Jorge Bom Jesus foi perentório em responder que “ eu nunca seria o primeiro a abandonar o barco”, sublinhando que “ há muita esperança em mim e não posso defraudar, estou condenado a vencer, a trazer soluções para este País”.

Tendo considerado que a notícia teria sido o resultado de uma interpretação feita a uma das suas declarações, Jorge Bom Jesus que considerou normal em democracia disse que “ há gente que tem oportunidade para governar e não governa, e quando está na oposição não deixa governar e há uns ainda que gostam de ver o País desgovernando, para que possam dar azo aos seus intentos de corrupção e de confusão…”.

Além de ter assegurado que “ este governo tem 4 anos de mandato, ”, Bom Jesus acrescentou que “ neste momento este País é um Oásis de paz, isto já é a nossa marca, mas estamos a lutar para a estabilidade política”, argumentando que “ deixamos o anterior governo do ADI governar 4 anos para consolidar a democracia e criar espaço para desenvolvimento.

A entrevista do primeiro-ministro são-tomense aconteceu momentos depois de ter auscultado a população de Cauê sobre o projecto do orçamento participativo que deverá dentre de dias ser submetido ao parlamento para debate e consequente aprovação

Agência de notícias STP Press