Rua Pe. Martinho Pinto da Rocha São Tomé, São Tomé e Príncipe
+239 2223455

São Tomé e Príncipe carece de valores familiares

O especialista em matéria de Matrimónio e Família, Pe. Telmo da Glória Serôdio, frisou em entrevista à Rádio Jubilar, que a República de São Tomé e Príncipe carece de valores familiares . Foi a propósito do Dia Internacional da Família que se celebrou a 15 de Maio.

São Tomé e Príncipe precisa de desenvolver o sentido de família, o bem estar familiar!

 

A celebração do Dia Internacional da Família visa, tem,entre outros objetivos,  destacar a importância da família na sociedade, nomeadamente na educação dos filhos, reforçar a mensagem de união, amor, respeito e compreensão para que haja um bom relacionamento entre todos os membros da família.

Em entrevista à Rádio Jubilar, emissora católica de São Tomé e Príncipe, o especialista em matéria do matrimónio e família,  Padre Telmo da Gloria Serôdio, frisou que São Tomé e Príncipe carece de valores familiares, como por exemplo;  valores afectivos, valores éticos, assim como também do perdão, da reconciliação, da proximidade e serviço ao outro. Quando se cresce numa família unida – disse –  por mais pobre que seja,  aprende-se a partilhar o que se tem com os outros.

Segundo o Pe. Telmo, São Tomé e Príncipe precisa de desenvolver o sentido de família, o bem estar familiar;  fazer perceber às novas gerações a importância de partilhar de forma equilibrada.

O  Padre Telmo  frisou ainda que a Igreja no país está a trabalhar na promoção da família, na formação dos noivos para o casamento. Falta a seu ver – aliás como reclamam os casais – dar continuidade à formação na fase pós celebração do matrimónio.

 

Por: Vatican News.