Rua Pe. Martinho Pinto da Rocha São Tomé, São Tomé e Príncipe
+239 2223455

São Tomé e Príncipe acolhe conferência internacional sobre resíduo sólido

Em alusão ao Dia Mundial do Ambiente, a Autarquia de Mé-Zoche em parceria com a ONG TESE e o Ministério de Obras Públicas, Infra-estruturas e Ambiente de São Tomé e Príncipe, realizam nos dias 5 e 6 deste mês de junho, uma conferência internacional sobre o resíduo sólido.

 

A realização desta conferência tem como objetivos a troca de experiência entre os parceiros, provenientes de Cabo-Verde, Guiné-Bissau e Moçambique, e também saber até que ponto cada setor é afetado com a falta de saneamento básico no País.

 

Gestão dos resíduos nos PALOP entre os temas em debate

Os temas a serem discutidos durante a atividade são: A gestão dos Resíduos nos PALOP, Impactos nos 3 eixos do Desenvolvimento sustentável, Desafios e Oportunidades, Construção de um futuro mais sustentável.

 

Falta de saneamento e consequências na economia

A representante da ONG TESE, Idithe, explica as  consequências  que a falta do saneamento tem na economia do País.

 

Benefícios do projeto

A Autarquia de Mé-Zoche, em relação às outras autarquias, está mais avançada no que toca a implementação deste projeto do tratamento do resíduo sólido. E o presidente da Câmara de Mé-Zoche, Américo de Ceita, fala dos benefícios que este projeto trouxe a sua instituição.

Recorde-se que o Dia Mundial do Ambiente foi estabelecido pela Organização das Nações Unidas (ONU) e celebra-se todos os anos no dia 5 de junho, sendo o tema da edição 2019 “Respira profundamente!”, um apelo a combater a poluição.

 

Fonte: Vatican News