Rua Pe. Martinho Pinto da Rocha São Tomé, São Tomé e Príncipe
+239 2223455

Posse de Pároco e Profissão Temporária de Irmãs Teresianas nos Angolares

No último dia 20 de outubro os fiéis da Paróquia dos Angolares se reuniram na Igreja de Santa Cruz para dar posse ao seu novo Pároco, Pe. Frei Ademário João Delgado, e para a Profissão Temporária das Irmãs Clésia de Sousa e Regínia da Costa, ambas da Companhia de Jesus.

No último dia 20 de outubro os fiéis da Paróquia dos Angolares se reuniram na Igreja de Santa Cruz para dar posse ao seu novo Pároco, Pe. Frei Ademário João Delgado, e para a Profissão Temporária das Irmãs Clésia de Sousa e Regínia da Costa, ambas da Companhia de Jesus.

Na Solene Eucaristia presidida pelo Bispo da Diocese, D. Manuel António dos Santos, o Frei Ademário Delgado, dos Franciscanos Capuchinhos fez diante do Prelado e de toda a comunidade a Profissão de Fé e o renovamento das Promessas Sacerdotais. Com a leitura da Provisão e da entrega simbólica da chave do Sacrário, o Frei Ademário passou a assumir a paroquialidade de Santa Cruz dos Angolares, juntamente com o Pe. Frei Gilson Patrick, Pároco de Ribeira Afonso, e do Frei Manuel Évora Ramos, prevenientes de Cabo Verde.

Nesta cerimónia, as Irmãs Clésia e Regínia, ambas santomenses, emitiram os seus votos temporários na Companhia de Santa Teresa. A consagração aconteceu perante o Bispo da Diocese e da Coordenadora Provincial da Província de Nossa Senhora Rainha, a Irmã Maria Domingas Valamela.

A Companhia de Santa Teresa de Jesus, constituída por Irmãs Teresianas, é um Instituto Religioso Apostólico fundado por Santo Enrique de Ossó e Cervelló a 23 de junho de 1876.  Este sacerdote catalão do convulso século XIX espanhol descobriu em Teresa de Jesus a força de sua espiritualidade a capacidade da mulher para evangelizar e transformar a sociedade.

As Irmãs Teresianas vivem o seu carisma educativo em pluralidade de formas e presenças, em 23 países do mundo, vivendo a consagração religiosa em comunidade. A Diocese de São Tomé e Príncipe conta com a graça de duas comunidades das Irmãs Teresianas: uma na cidade capital de São Tomé e outra nos Angolares.