Rua Pe. Martinho Pinto da Rocha São Tomé, São Tomé e Príncipe
+239 2223455

Dia da Sagrada Família, dia das famílias

E enquanto escrevo este texto, penso na dor dos pais das crianças mortas esta noite num incêndio na Quinta de Santo António, em São Tomé; nas famílias desalojadas pelo incêndio, acontecido estes dias, em Ponta do Sol, no Príncipe; nas famílias em fuga das povoações bombardeadas na Síria; na dor das famílias que perderam os seus filhos no atentado de Mogadíscio, na Somália; e tantas outras situações presentes na vida da nossa sociedade.

 

D. Manuel Mendes dos Santos | Bispo Diocesano

Dia da Sagrada Família, dia das famílias. Colocando os olhos na família de Nazaré, as famílias são convidadas, também hoje, a viverem o sentido de família de Jesus, Maria e José. Ser família significa construir um Lar de paz, de apoio mútuo, de carinho e ternura, cuidando uns dos outros. Pode haver fugas para o Egipto, filhos perdidos nos caminhos da vida, a cruz da solidão e da dor… mas a família está aí, como amparo, presença, solidariedade…

E enquanto escrevo este texto, penso na dor dos pais das crianças mortas esta noite num incêndio na Quinta de Santo António, em São Tomé; nas famílias desalojadas pelo incêndio, acontecido estes dias, em Ponta do Sol, no Príncipe; nas famílias em fuga das povoações bombardeadas na Síria; na dor das famílias que perderam os seus filhos no atentado de Mogadíscio, na Somália; e tantas outras situações presentes na vida da nossa sociedade.


DEUS ABENÇOE AS NOSSAS FAMÍLIAS E ELAS SEJAM VERDADEIRAMENTE UM LAR DE HARMONIA E PAZ ONDE DEUS TAMBÉM HABITE!