Rua Pe. Martinho Pinto da Rocha São Tomé, São Tomé e Príncipe

Ordenados dois novos Sacerdotes. Zona Pastoral Norte mais rica com novo Padre: Pe Wadilene

A Diocese de São Tomé e Principe, ordenou no último sábado, 3 de julho, dia de São Tomé, os padres Wadilene Tavares Carlos e Hyley Bastos do Nascimento, por Dom Manuel António Mendes dos Santos, que afirmou que exortou a dedicação fiel e entrega amorosa dos seus sacerdotes à missão.

Pe Wadilene Tavares Carlos nasceu no Distrito de Lembá, Paróquia de Nossa Senhora das Neves, na Zona Pastoral Norte, e fez os seus estudos em Angola; e Hyley Bastos do Nascimento nasceu em Santana, Zona Pastoral Sul, e fez os seus estudos em Portugal.

A cerimónia foi realizada na Sé Catedral e contou com a presença dos cristãos de várias paróquias de São Tomé e Príncipe.

Baseando a sua homilia nas leituras do dia de São Tomé, Dom Manuel António explicou o que é ser sacerdote e garantiu   que o Sacerdote, se não tem amor, errou na sua vocação.

Não deixando de fora a proliferação das igrejas em São Tomé e Príncipe, o prelado questiona se essas igrejas nasceram realmente de Cristo com os Apóstolos, e explicou porque razão a nossa igreja hoje se chama Católica.

Os dois novos Sacerdotes,  Wadilene Tavares Carlos e Hyley Bastos do Nascimento, não esconderam a sua satisfação pelo sonho realizado e pediram o auxílio de Deus, e a intercessão da oração do Povo, nesta grande caminhada.

A cerimónia eucarística da MissaNova (seguida de confraternização) presidida pelo Novo Padre, Wadilene Tavares Carlos, neste domingo, 11 de Julho,  com a participação de todas as comunidades da Paróquia de Nossa Senhora de Guadalupe e convidados, serviu também para confirmar a sua nomeação para continuar ao serviço destas comunidades.

Leave a comment