Rua Pe. Martinho Pinto da Rocha São Tomé, São Tomé e Príncipe

28ª Semana – Sexta-feira – T.C.

8631A7AD-FA3B-4B12-845F-77F6BA5D536A

S. Teresa de Jesus, Virgem e Doutora da Igreja (séc. XVI)

Lc 12,1-7

… até os cabelos da vossa cabeça estão todos contados

 

Um Deus solícito, um Deus que cuida até dos cabelos da cabeça e dos passarinhos … ou seja, nada mais frágil, criaturas efêmeras, que existem hoje e não mais amanhã.

Ele faz por nós o que ninguém fez, nem fará: até se preocupa com o nosso cabelo e nas mãos prepara um ninho para nós.

Caríssimos, valemos tanto aos olhos de Deus;  Ele está atento a cada fibra do nosso corpo, a cada célula do coração: está apaixonado por cada detalhe de nós. Por isso “não temais os que matam o corpo e depois nada mais podem fazer”.

No entanto, os pardais continuam a cair, os inocentes morrem, as crianças são exploradas e vendidas ou com a vida interrompida já desde útero … e talvez – hipócritas – protestam se um cão é morto.

Mas então, é Deus a causa de tudo isto, mandando-nos a morte?  É muito fácil dizer sim… Mas não … esta passagem foi interpretada no eco de certos provérbios populares como: “não cai uma folha da árvore se Deus não permitir”.

Mas o Evangelho não o diz: antes assegura que nem mesmo um passarinho cairá ao solo sem que Deus esteja “envolvido”, que ninguém cairá das mãos de Deus, Ele estará lá para o apanhar.

Nada acontece sem o Pai”, é a tradução literal, e certamente não sem a vontade de Deus.  Na verdade, muitas, muitas coisas acontecem no mundo contra a vontade de Deus.

O ódio e a guerra existem contra a vontade do Pai, mas nada acontece sem que Deus esteja envolvido e sofrendo.  Mas nenhuma lágrima, absolutamente nenhuma … será perdida. Então “temei Aquele que, depois de matar, tem poder para lançar na Geena”…

Boa meditação, caríssimos. JB

Deixe um comentário